loader

Conheça o coworking, modelo de compartilhamento de espaços de trabalho que tem crescido no país

  • Home    /
  •    Notícias    /
  • Conheça o coworking, modelo de compartilhamento de espaços de trabalho que tem crescido no país
Conheça o coworking, modelo de compartilhamento de espaços de trabalho que tem crescido no país

Quem aluga os espaços tem direito ao ar-condicionado, internet, móveis e até uma secretária.

A nível nacional esse modelo de negócio cresceu 15% comparado ao ano passado.

Mercado de Coworking se adapta à pandemia e registra alta na procura O coworking é um negócio que tem crescido em todo país.

A ideia é bem simples: compartilhar um escritório entre diversas empresas e empreendedores.

Quem aluga os espaços tem direito ao ar-condicionado, internet, móveis e até uma secretária.

A Pollyanna Teixeira Martins vai todos os dias para um espaço de coworking em Palmas.

Ela trabalha das 14h às 18h.

"A empresa que eu trabalho é uma universidade que fica lá no Ceará.

Eu sou a única funcionária deles aqui.

Então, financeiramente ficaria melhor a gente alugar um espaço de coworking", disse.

O custo benefício é o diferencial mais atrativo.

A empresa que ela trabalha paga cerca de R$ 500 por mês pelo espaço.

"É bem melhor estar aqui do que em casa, porque aqui não tem distrações.

É um ambiente tranquilo, climatizado.

Por mais que não seja um escritório convencional que a gente está acostumado, é um escritório também", disse.

Espaço é dividido por empresas e negócios Reprodução/TV Anhanguera O espaço coworking oferece a mesma estrutura que um escritório convencional, a diferença é que o lugar é compartilhado por várias pessoas e empresas.

A nível nacional, esse modelo de negócio cresceu 15% comparado ao ano passado.

Na capital tem gente que resolveu empreender na área.

É o caso da arquiteta Deyse Cristina.

O espaço que ela está montando terá estações de trabalho, sala de reunião, ar-condicionado, internet, móveis, uma secretária e até o cafezinho.

"Por dez anos eu trabalhei em home office e senti a necessidade de ter um espaço para trabalhar e atender meus clientes.

Eu percebi que havia uma demanda para isso e resolvi empreender nessa área, criar um espaço colaborativo", explicou.

A inauguração está prevista para esse mês e o aluguel dos espaços será semanal, mensal ou até por hora, no caso da sala de reuniões.

Quem é empreendedor sabe que no início bate insegurança, mas no caso da Deyse o retorno positivo veio antes da reforma acabar.

“Quando eu comecei o investimento, a gente fica com aquele frio na barriga: será que vai dar certo, será que vai ter gente para alugar.

Então eu comecei a divulgar nas redes sociais e fiz uma lista de espera.

Quando a lista ultrapassou o meu número de vagas eu vi que é um negócio que realmente tem futuro”, contou.

Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.


Publicada por: RBSYS

BAIXE NOSSO APP

Utilize nosso aplicativo para escutar RADIO TOP ITATIBA direto de seu dispositivo movel.

img

Copyright © 2022 RADIO TOP ITATIBA . Peça sua Música que Tocamos Pra você